Varitus Brasil

PIX e seus impactos sobre empresas de vários tamanhos – artigo do presidente

Assuntos Gerais

PIX e seus impactos já são uma das grandes questões do momento, em especial sobre as empresas. Pessoas físicas e jurídicas estão em grande expectativa com o PIX – novidade no SPI – Sistema Brasileiro de Pagamentos Instantâneos, lançado pelo Banco Central, e que começa efetivamente a operar em 16 de novembro de 2020.
Milhões de pessoas e empresas de todos os portes já estão cadastrando suas chaves para fazer operações e transações financeiras com maior rapidez, segurança e economia.
Com funcionamento prometido para acontecer 24 horas por dia, em todos os dias do ano, sem pausa nem mesmo em finais de semana ou feriados, o PIX promete concluir transferências de recursos em até 10 segundos, uma alternativa muito vantajosa, por exemplo, em relação aos “antigos” TED e DOC, que demoram para ser processados.
Bancos clássicos e gigantes, pertencentes a grupos multinacionais e também as pequenas instituições e principalmente os bancos digitais/fintechs já esperam uma concorrência muito maior no segmento, o que sem dúvida será benéfico para os usuários – pessoas e empresas.
PIX e seus impactos sobre as empresas não-financeiras
Entre os impactos que eu vislumbro como mais significativos para organizações de todos os portes, mas, sobretudo para as micro, pequenas e médias empresas, está a modificação da dinâmica de fluxo financeiro, já que qualquer operação será consolidada praticamente em tempo real.
Outra revolução considerável é que os próprios estabelecimentos comerciais e de serviços poderão servir como pontos de saques em espécie para os usuários, o que pode atrair mais clientes e negócios.
O comércio eletrônico também poderá ser bastante beneficiado, com a perda de espaço para pagamentos de modalidade mais morosa, como o boleto bancário.
A novidade está aí e para quem souber aproveita-la, oportunidades são tidas como certas!
Recomendamos, ouvindo instituições e especialistas dos setores empresariais e bancários, sobre o PIX e seus impactos, que as empresas cumpram com rapidez e atenção à segurança todos os passos para aderir ao PIX.
Cadastrar a chave PIX da empresa no banco onde ela já possui contas e operações, é importante para evitar problemas e ganhar ainda mais assertividade.
A partir de 16 de novembro, a empresa poderá oferecer ao seu consumidor as três alternativas de pagamento – pelo QR Code, por link de pagamento ou por chave de endereçamento.
Essa questão, portanto, do PIX e seus impactos sobre as empresas, para mim se traduz num admirável mundo novo que se abre, com perspectivas de modernização e transparência na circulação de recursos, fluxo de caixa e realização de negócios no país.
Vamos tratar de aproveitar!
Outubro de 2020.
Adão Lopes*
*CEO e fundador da VARITUS BRASIL
 


Publicado em: 15/10/2020

Comentários

Nos conte o que achou deste artigo.

Blog

Acompanhe as principais publicações do nosso blog

Proteção dos dados da empresa

Proteção dos dados da empresa

À medida que continuamos a fortalecer nossa postura de segurança […]

Ler mais

Instabilidade no sistema SEFAZ

Instabilidade no sistema SEFAZ

Comunicado  Prezado amigo e parceiro,  Espero que esta mensagem o […]

Ler mais

Automatizando processos para usar os times em tarefas estratégicas: o papel do RPA

Automatizando processos para usar os times em tarefas estratégicas: o papel do RPA

A eficiência operacional e na gestão é crucial para o […]

Ler mais